Postagens

Enquanto esperamos!

  Jesus breve vem. Isso é um fato! Aqueles que O negam hoje, um dia O verão e ficarão boquiabertos. Nós, a Sua Noiva, aguardamos com expectativa por esse dia. Por isso, trabalhamos com afinco para que Seu Reino avance e Seu Nome seja pregado entre os povos de toda língua e nação.     Nossa espera por Ele não deve ser estática, pelo contrário, ela deve ser produtiva. Há muito a fazermos! Há muito a prepararmos! Há muito para queimarmos. Como Noiva , nó s entendemos que estamos nos preparando para as nossas bodas. O que passamos aqui nessa Terra não pode manchar as nossas vestes. Não sabemos, quando nosso Amado virá, mas confiamos que Ele vem e trabalharemos até que isso aconteça. Como Noiva apaixonada ,  assumimos o compromisso de deixar tudo pronto do jeito que nosso Amado gosta, anseia e merece. Assim sendo...   1. Por amor a Ele seguiremos meditando em seus mandamentos e aplicando-os em todas as nossas ações. Guardaremos a Sua Palavra para que não pequemos contra Ele e meditaremos no

Influência e transformação

  Todo ser humano passa por algumas situações em sua vida que o fazem ter que pensar quem são as pessoas que exercem influência em sua vida. Infelizmente ao fazermos isso, muitas das vezes perceberemos que não temos feito boas escolhas sobre quem seguimos e quem temos dado ouvido.     Podemos tomar como base para esse devocional o exemplo do Rei Salomão que depois de oferecer mil holocaustos e receber de Deus a sabedoria que pediu (1 Cr 1.6-9), mas que se perdeu ao tomar para si setecentas mulheres e trezentas concubinas e ao dar-lhes ouvido (1 Rs 11.1-8).   Sua associação com tais mulheres por meio do casamento ou do concubinato começou a influenciar seu modo de agir, de pensar e de adorar e o Rei Salomão associou-se à cultura e aos deuses de suas muitas mulheres. Isso nos ensina que se não tivermos cuidado, acabaremos por ouvir quem nada de bom tem a nos dizer.   Ser influenciado também tem um lado positivo e não podemos negar isso. Contudo, é preciso que busquemos bons exemplos que

Inclinados à buscar

  “Quando Daniel soube que o decreto tinha sido publicado, foi para casa, para o seu quarto, no andar de cima, onde as janelas davam para Jerusalém. Três vezes por dia ele se ajoelhava e orava, agradecendo ao seu Deus, como costumava fazer.” (Daniel 6.10)   Meu desejo de hoje é que durante essa reflexão, seus olhos estejam voltados para o céu, nossa  origem, o lugar de onde viemos. E como um cidadão do céu aqui na terra a partir de hoje, você não recue, mas avance, mergulhe indo a níveis mais profundos e sem reservas no secreto com o Pai. Ao meditar sobre Daniel, quero destacar três fundamentos que podemos aprender e aplicar para uma vida de intimidade  que o Espírito gera em nós.   O primeiro deles é que u ma vida de intimidade com Deus gera santidade.  A intimidade  com  o Espírito é a fonte da força contra o pecado. O nível da sua santidade revela o quão comprometido você está em intimidade com Deus.   Só conseguimos  diz er não para o pecado quando   estamos cheio s  da presença de

Ele cumprirá!

  “Ele, porém, advertindo-os, mandou que a ninguém declarassem tal coisa, dizendo: É necessário que o Filho do Homem sofra muitas coisas, seja rejeitado pelos anciãos, pelos principais sacerdotes e pelos escribas; seja morto e, no terceiro dia, ressuscite.”  Lucas 9. 21-22   O sábado após a morte de Jesus chegou e com certeza era um dia de  desesperança , de uma perplexidade , o dia em que parecia que tudo tinha chegado ao fim.   Era assim que praticamente todos se sentiam ao acordar e ver que Jesus , o Messias, o Mestre  tinha mesmo morrido; não tinha sido um pesadelo!   Como você teria se sentido se vivesse  sobre  essas circunstâncias naquela época?  Pare comigo e r eflita um pouco , pois p a ra nós  lermos   é muito mais “fácil”, mas para aqueles homens e mulheres que estavam nessa situação, sentir na pele é muito mais intenso e desafiador .  Então, agora, eu convido você a ler de novo a passagem acima , se coloque no lugar deles e veja como eu vi que muitas vezes agimos assim tamb

Mudando ambientes

  “Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte.” Mateus 5.14   E m  nossos cultos frequentemente  ouvimos a pergunta: “Você está animado hoje?”, é comum as pessoas concordarem. Mas hoje gostaria de refletir sobre  como o nosso humor, animação ou o entusiasmo contagia a nossa maneira de agir, assim como o ambiente ao nosso redor. Da mesma maneira, a falta dele, certo ?   Pensando nisso, de que maneira nós, cristãos, temos contagiado o mundo? Estamos oferecendo oportunidade de todos encontrarem a paz verdadeira, o perdão dos pecados, a salvação e a vida eterna ou estamos empurrando aqueles que estão ao nosso redor para longe de Deus, para um abismo de tristeza e a perdição eterna?   Cristo nos disse que somos “luz do mundo” e também “sal da terra”.  De que maneira nós, cristãos, temos contagiado o mundo?  Temos de fazer a diferença em um mundo cercado de ilusão e mentiras. Temos de ajudar o perdido a encontrar o caminho. Temos de mostrar a verdade e af

Sempre confie no Abba

“Mas agora assim diz o Senhor, aquele que o criou, ó Jacó, aquele que o formou, ó Israel: Não tema, pois eu o resgatei; eu o chamei pelo nome; você é meu. Quando você atravessar as águas, eu estarei com você; quando você atravessar os rios, eles não o encobrirão. Quando você andar através do fogo, não se queimará; as chamas não o deixarão em brasas. Pois eu sou o Senhor, o seu Deus, o Santo de Israel, o seu Salvador; dou o Egito como resgate para livrá-lo, a Etiópia e Sebá em troca de você. Visto que você é precioso e honrado à minha vista, e porque eu o amo, darei homens em seu lugar, e nações em troca de sua vida. Não tenha medo, pois eu estou com você, do oriente trarei seus filhos e do ocidente ajuntarei você.” Isaías   43.1-5   Em dias de incerteza o que nos ajuda a não nos tornarmos vítimas dos dias difíceis, mas agirmos como pessoas capacitadas a vencê-los e viver uma verdadeira superação. Acredito que seja CONFIAR no nosso ABBA. Sendo assim, quais são os benefícios de confiar n

Enfrentando tentações

E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal. [...]" Mateus 6.13 Deus é onisciente, o que significa que Ele sabe todas as coisas. Deus é onipotente, o que significa que Ele pode todas as coisas. E Deus é onipresente, o que significa que Ele está presente em todos os lugares. Em nítido e direto contraste a isso, o diabo não reflete os atributos divinos de Deus.   Ele não é onipotente. Embora tenha grande poder, seu poder é claramente limitado. Ele não está nem perto de ser igual a Deus. Ele não é o onisciente. Sabe muitas coisas, mas não sabe todas as coisas. E ele não é onipresente. Ele só pode estar em um lugar ao mesmo tempo.   O que o diabo não quer que você saiba é que ele não pode fazer nada na vida de um cristão sem a permissão de Deus. O diabo se queixou que Deus tinha posto uma cerca de proteção em torno de Jó (ver Jó 1.10).   Assim, vemos, a partir disso, que mesmo Satanás tendo um objetivo perverso, ele tem que pedir permissão para tocar num filho de Deus. Há

Guardando o que tem valor

  “O Senhor é a minha riqueza e o meu cálice de bênçãos. Ele é o alicerce que sustenta a minha vida.” Salmos 16:5 NBV-P Dias atrás, meu esposo e eu descobrimos que alguém invadiu nosso quintal e levou alguns itens nossos. Nada de muito valor, mas na hora me subiu uma raiva, sabe? Fiquei me questionando o porquê de termos passado por tal situação. Depois do susto inicial, comecei a contabilizar o que, de fato, fora levado. Eram coisas pequenas, coisas que quase não usávamos, coisas que não sabíamos que ainda tínhamos mas eram nossas.    Só descobrimos porque eu acordei e minha bica do tanque estava quebrada e uma cascata estava jorrando no quintal. Achamos estranha a situação, mas podia acontecer com a força da água. Assim pensamos em nossa inocência. Até que meu marido me perguntou o que eu fiz com os chinelos que deixamos para andar pelo quintal. Uma chave foi virada nesse momento para nós: “Alguém está levando nossas coisas!”.    Entrei e passei o dia remoendo essa situação. Converse

A missão é possível

  “Certo dia, Jônatas, filho de Saul, disse ao seu jovem escudeiro: Vamos ao destacamento filisteu, do outro lado. Ele, porém, não contou isto a seu pai. Saul estava sentado debaixo de uma romãzeira na fronteira de  Gibeá , em  Migrom . Com ele estavam uns seiscentos soldados, entre os quais  Aías , que levava o colete sacerdotal. Ele era filho de  Aitube , irmão de  Icabode , filho de  Fineias  e neto de Eli, o sacerdote do Senhor em  Siló . Ninguém sabia que Jônatas havia saído. Para chegar ao destacamento filisteu, Jônatas teve que atravessar uma passagem entre duas rochas, chamadas  Bozez  e  Sené .” 1 Samuel 14.1-4   O texto   nos fala sobre um dos feitos militares mais incríveis de toda a Bíblia. Israel estava em uma das muitas guerras que teve contra os filisteus. E Jônatas, acompanhado apenas de seu escudeiro, decidiu enfrentar todo o exército inimigo. A Bíblia diz que, para aquele que crê, todas as coisas são possíveis. Essa história pode nos dar algumas pistas de como nossos

Guardando o que tem valor

  “O Senhor é a minha riqueza e o meu cálice de bênçãos. Ele é o alicerce que sustenta a minha vida.” Salmos 16.5 NBV-P   Dias atrás, meu esposo e eu descobrimos que alguém invadiu nosso quintal e levou alguns itens nossos. Nada de muito valor, mas na hora me subiu uma raiva, sabe? Fiquei me questionando o porquê de termos passado por tal situação. Depois do susto inicial, comecei a contabilizar o que, de fato, fora levado. Eram coisas pequenas, coisas que quase não usávamos, coisas que não sabíamos que ainda tínhamos; mas eram nossas.    Só descobrimos porque eu acordei e minha bica do tanque estava quebrada e uma cascata estava jorrando no quintal. Achamos estranha a situação, mas podia acontecer com a força da água. Assim pensamos em nossa inocência. Até que meu marido me perguntou o que eu fiz com os chinelos que deixamos para andar pelo quintal. Uma chave foi virada nesse momento para nós: “Alguém está levando nossas coisas!”.    Entrei e passei o dia remoendo essa situação. Conve

Contentamento e Dependência

  “Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece.” Filipenses 4.12,13   Comumente encontramos pessoas declarando:  “Tudo posso n’Aquele que me fortalece.”  Mas aí pode surgir uma pergunta: “O que é esse tudo?” Você já parou para pensar nisso? Se sim, sabe que esse tudo é muita coisa. Se não pensou, te convido a pensar a respeito.   Quando o apóstolo Paulo declarou isso, Ele falava sobre o poder do contentamento. Isso quer dizer que com a ajuda do Senhor nos tornamos capazes de suportar as dificuldades e de celebrar as alegrias com a fé e a confiança de que Deus nunca erra.   O contentamento nos faz ter paz onde muitos se desesperarão. Estar cheio de contentamento não quer dizer que estamos sempre felizes, mas que estamos sempre confiantes no modo que Deus opera em nós, por nós e através de n

Identidade e propósito

  “Veio para o que era seu, e os seus não o receberam”. (Jo 1.11) “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (Jo 3.16)   Durante muito tempo o povo judeu esperou pelo seu Messias. Eles aguardavam por alguém que seria mestre, juiz, rei, profeta. Jesus veio e cumpriu cada umas dessas expectativas e ainda as sobrepôs. Muito além de ser tudo isso, Jesus é filho de Deus. Assim sendo, Ele tinha poder para salvar Seu povo não apenas do peso que o sistema Romano impunha, mas para redimi-los do pecado.    O povo queria alguém que os livrasse do governo humano, mas Jesus veio para livrá-los do Reino das Trevas. Eles queriam um legislador, mas Ele veio como doador de graça. Eles queriam alguém que lhes trouxesse momentos de paz, Ele veio como o Príncipe da Paz. Eles desejavam alguém que aliviasse suas cargas, Ele veio e se ofereceu como o próprio descanso. Por esperarem que as coisas acontecessem de u

A fé faz a diferença!

  "E não realizou muitos milagres ali, por causa da incredulidade deles." (Mateus 13.58)   A fé pode fazer toda a diferença entre algo acontecer ou não. A Bíblia nos diz que Jesus não realizou nenhum milagre em sua cidade natal por causa da incredulidade das pessoas (Mateus 13.57-58).   Deus é soberano. Ele pode fazer o que quiser, sempre que quiser e com quem quiser. Ele não precisa da nossa opinião. Ele não precisa de nós para votarmos n’Ele. Ele simplesmente faz o que bem entender. No entanto, o soberano Deus que adoramos e seguimos, para realizar os Seus propósitos e levar a Sua Palavra, escolheu um instrumento humano de suas pernas.   Se eu fosse Deus, não teria feito essa escolha. Teria feito as coisas sozinha. Por que mexer com a humanidade? Só trazemos confusão e problemas. Mas, apesar disso, Deus nos escolheu para realizar a Sua obra.   Quando Deus abriu o Mar Vermelho, Ele não precisava de Moisés segurando a sua vara. Deus estava fazendo o trabalho, mas Ele ordenou

O segredo da autenticidade

Vivemos tempos difíceis, a vida moderna, apesar das facilidades que a tecnologia trouxe ao homem, tornou-o mais estressado. Nas cidades falta contato com a natureza, o barulho, a poluição do ar, sonora e a visual, o trânsito caótico e a violência fazem com que as pessoas se tornem mais cansadas, irritadas, desconfiadas e ansiosas. A sociedade por sua vez, incentivando a demolição dos valores tradicionais ou permitindo a corrupção e a impunidade, promove modelos negativos; valoriza o talento e não o caráter; estimula o materialismo e a concorrência entre pessoas e empresas, e consequentemente a cobiça, a violência e a morte. Em casa, a ausência de um ou de ambos os pais, por questões financeiras ou divórcio, modificou a estrutura familiar. A falta de limites individuais e a ausência de diálogo contribui para a formação de indivíduos carentes, inseguros, levianos, frágeis emocionalmente. Para quem deseja ter saúde emocional, a primeira coisa a fazer é: - Conhecer-se, assumir quem é e res

Simplesmente comece!

  Se você tivesse que falar hoje sobre a história de vida, o que falaria ou escreveria? Talvez existam capítulos nela que você não queira compartilhar com ninguém ou mesmo nunca falou. Coisas que fizeram com você ou coisas que você fez que não gostaria de ter feito. Talvez, você não goste dos capítulos escuros e sóbrios, mas existe uma grande notícia sobre a sua história: ela ainda não acabou.   Nunca é tarde demais para um novo começo!  Então, se você deseja mudar, apenas comece, mas, como isso é possível?   Entenda que ainda que o começo seja PEQUENO, COMECE - Pequenos passos, pequenas decisões, podem gerar grandes resultados! Comece dando acenos para Deus e para as pessoas de pequenas mudanças. Pequenas disciplinas e sábias decisões de vida são passos em direção ao grande sonho. “Pois aqueles que desprezaram o dia das pequenas coisas terão grande alegria ao verem a pedra principal nas mãos de Zorobabel.” Zacarias 4.10 Sabe, em pequenas coisas que ninguém vê geram resultados que todo

Tentações!

  "Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma." Tiago 1.2-4 O problema das dietas é que elas são muito boas, até você sentir fome. Todos podem começar uma dieta quando estão de barriga cheia, mas quando estamos com fome, à comida é muito mais tentadora. Da mesma forma, o inimigo sabe como embalar coisas ruins para que se pareçam boas. Isso porque as coisas proibidas possuem certo charme. Este é o ponto em questão: no início de Gênesis 3, encontramos Eva justamente na árvore que Deus falou para ficar longe. Somos atraídos àquelas coisas que devíamos permanecer afastados.   Como resultado, nós nos sentimos culpados quando somos tentados. Mas precisamos saber que não há pecado algum em sermos tentados, somente. Não é a isca que concretiza o pecado: é a mordid

Caminhando na contra mão do mundo

  Está cada dia mais difícil no mundo em que vivemos praticarmos o bem. Quando olhamos as notícias vemos pai matando filhos, maridos matando suas esposas, uma diversidade de maldade sem limites! Apesar de sermos cristãos, de termos o amor de Deus em nós, nem sempre será fácil fazer o bem, porque temos em nós uma natureza pecaminosa, que precisa ser subjugada para que façamos a vontade de Deus, e porque as outras pessoas também têm essa natureza.   Sendo assim, não espere que, ao fazer o bem, receba elogios dos seus colegas de trabalho ou dos seus familiares. Se você crê em Deus, obedecer-lhe e fize o bem, é provável até que se torne alvo de zombarias.  Não se importe com as piadinhas e as retaliações.  Lute com amor para que as barreiras e os preconceitos sejam derrubados, e o nome do Senhor seja glorificado.   Se o diabo tentar semear no coração de alguém, usando esta pessoa para causar desentendimentos ou separação na sua família, no seu ambiente de trabalho ou de estudo, é nesse mom

O segredo da bondade

  O que é bondade? É a qualidade ou o caráter do que é bom; é a capacidade de praticar e promover o que é bom, digno, louvável; aquele que traz o bem a nós e a outros. Nas Escrituras, a bondade, mesmo aquela  que é exortada pelo ser humano , é  considerada  uma  vir tude  daquele que é reto ,   justo, pois a bondade é uma das manifestações do caráter santo de Deus, de seu amor,   sua misericórdia,   graça e benevolência para com todos.   De sorte que somos exortados a pro var e ver que o Senhor é bom (Sl  34.8) e, como o Salmista, louva ao SENHOR pela sua bondade e pelas suas maravilhas para com os filhos dos homens!    “Que eles dêem graças ao Senhor por seu amor leal e por suas maravilhas em favor dos homens, porque ele sacia o sedento e satisfaz plenamente o faminto.”  (Sl 107.8)   O que prova a bondade de Deus para conos co ?  O fato d’ Ele nos ter criado à sua imagem e semelhança, ter-nos dado o livre-arbítrio e a capacidade de fazer o bem, ter-nos  proporcionado tudo — espiritual

Veja o sinal de pare!

 “Talvez eu permaneça com vocês durante algum tempo, ou até mesmo passe o inverno com vocês, para que me ajudem na viagem, aonde quer que eu vá. Desta vez não quero apenas vê-los e fazer uma visita de passagem; espero ficar algum tempo com vocês, se o Senhor permitir.” 1 Coríntios 16.6,7 Na vida, sempre é necessário fazer algumas paradas. Nessas paradas somos reabastecidos, somos alimentados e temos as nossas necessidades supridas. Sem essas paradas, é impossível alcançarmos de forma plena os desígnios de Deus para nossa vida e para a vida de nossa família. Deus é o maior interessado que eu e você estejamos atentos ao sinal de PARE. Ele se compromete a nos ajudar em nossa jornada. É bom lembrar que o próprio Jesus, enquanto esteve entre nós, precisou ficar atento ao sinal de PARE por várias vezes. Que lições podemos aprender sobre a necessidade de parar? 1. Reconheça o TEMPO da sua parada. Não se trata de ter controle do seu tempo, mas de uma disposição para obedecer ao comando do Senh

Ande com pessoas certas

  “Eu o instruirei e o ensinarei no caminho que você deve seguir; eu o aco nselharei e cuidarei de você.” Salmos 32.8 Quando estudamos a vida de Davi, podemos ter a certeza de que as pessoas certas, nos momentos certos, nos ajudarão a nos tornar o ser humano certo! Preste atenção no que Deus diz a respeito de Davi: “… Vasculhei a terra e encontrei Davi, filho de Jessé. O seu coração está em sintonia com o meu coração, e ele fará toda a minha vontade.” At 13.22b. Sendo assim, de acordo com a experiência de Davi, quais são os benefícios de se andar com pessoas certas?   - Quando  anda mos  com pessoas ce rtas  nos  torna mos  UMA PESSOA MELHOR (1Sm 16.13). Deus usou um homem chamado Samuel para ajudar um homem chamado Davi para ver que a vontade de Deus para sua vida era mais importante do que se poderia imaginar. Enquanto a maioria das pessoas julga pela aparência, Deus olha além da aparência; Ele olha dentro do coração. E Samuel olhou para Davi da maneira como Deus o enxergava: “Mas o